Em outro artigo direcionado aos advogados, ora publicado neste blog, falamos um pouco sobre os gêneros de jogos eletrônicos mais comuns. Neste artigo, o propósito é discorrer um pouco dos jogos desenvolvidos para se tornarem competitivos e, assim, são os que mais movimentam o cenário brasileiro do ponto de vista econômico e também melhor remuneram o advogado.

Jogos eletrônicos competitivos são desenvolvidos e modelados, especificamente, para a modalidade eSports. Ou seja, saem do desenvolvimento para o nível profissional, de modo que a sua projeção oferece uma experiência competitiva aos jogadores e geralmente exigem habilidades específicas, como reflexos rápidos, tomada de decisões estratégicas, habilidade com movimentos finos da mão, dedos e braços e coordenação em equipe.

Existem centenas de jogos eletrônicos competitivos populares em diferentes gêneros.

(1) League of Legends (LoL): um jogo de batalha multiplayer online, no estilo MOBA (Multiplayer Online Battle Arena), em que duas equipes competem para destruir a base inimiga. É um dos jogos mais populares nos eSports.

(2) Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO): um jogo de tiro em primeira pessoa em que duas equipes, uma de terroristas e outra de contra-terroristas, competem em várias rodadas. O objetivo é completar objetivos ou eliminar a equipe adversária.

(3) Dota 2: outro jogo no estilo MOBA, semelhante ao League of Legends. Duas equipes competem para destruir a estrutura principal do time adversário, enquanto controlam heróis com habilidades únicas.

(4) Overwatch: um jogo de tiro em equipe em primeira pessoa, onde os jogadores escolhem heróis com habilidades únicas para competir em diferentes modos de jogo, como Captura de Ponto, Carga Explosiva e Escolta. O trabalho em equipe e a coordenação são fundamentais.

(5) Fortnite: além do modo Battle Royale, Fortnite também tem um modo competitivo chamado Fortnite World Cup, onde jogadores de todo o mundo competem por uma premiação em dinheiro. Os jogadores competem entre si para serem o último sobrevivente em um mapa, e, no percurso, precisam coletar recursos, construir estruturas e eliminar os oponentes.

(6) Valorant: um jogo de tiro tático em equipe desenvolvido pela Riot Games, que combina elementos de jogos de tiro em primeira pessoa com habilidades especiais de personagens. Duas equipes competem para plantar ou desarmar uma bomba. Cada jogador escolhe um agente com habilidades especiais que podem afetar o resultado da partida.

(7) Call of Duty: um popular jogo de tiro em primeira pessoa, conhecido por sua ação intensa e modos de jogo multiplayer competitivos.

(8) Rainbow Six Siege: um jogo de tiro tático em primeira pessoa, onde equipes de atacantes e defensores competem em cenários estratégicos para completar objetivos.

(9) Hearthstone: um jogo de cartas estratégico desenvolvido pela Blizzard, no qual os jogadores constroem decks personalizados e competem em partidas um contra um. A Blizzard também organiza campeonatos mundiais (inclusive no Brasil) para Hearthstone.

(10) Super Smash Bros: uma série de jogos de luta crossover da Nintendo, em que personagens icônicos de várias franquias se enfrentam em batalhas multiplayer.

(11) FIFA: a série de jogos de futebol da Electronic Arts, que oferece competições online e eventos de eSports com jogadores profissionais.

(12) Tekken: uma franquia de jogos de luta em 3D, conhecida por sua mecânica de combate profunda e personagens carismáticos.

(13) Street Fighter: outra série icônica de jogos de luta, com uma comunidade competitiva forte e eventos de eSports.

(14) StarCraft II: um jogo de estratégia em tempo real, onde os jogadores comandam exércitos para competir em partidas intensas.

(15) PUBG: PlayerUnknown’s Battlegrounds, um jogo de batalha royale onde os jogadores lutam para ser o último sobrevivente em uma ilha.

(16) Apex Legends: um jogo de batalha royale em equipe, com personagens únicos e habilidades especiais, que enfatiza a jogabilidade cooperativa.

(17) World of Warcraft: um MMORPG (Massively Multiplayer Online Role-Playing Game) onde os jogadores competem em arenas PvP (Player versus Player) e em modos de jogo em equipe, como Battlegrounds e Arenas Ranqueadas.

(18) Smite: um jogo de batalha multiplayer online no estilo MOBA, onde os jogadores controlam deuses e divindades de diferentes mitologias em batalhas intensas.

(19) Heroes of the Storm: outro jogo no estilo MOBA desenvolvido pela Blizzard, que apresenta personagens icônicos de diferentes franquias da Blizzard, como Warcraft, Diablo e StarCraft.

(20) Gears of War: uma série de jogos de tiro em terceira pessoa, onde os jogadores competem em modos multiplayer como Deathmatch, Capture the Flag e King of the Hill.

(21) Mortal Kombat: uma série de jogos de luta conhecida por seus combates sangrentos e movimentos especiais. Mortal Kombat também tem uma cena competitiva com torneios e eventos.

(22) Clash Royale: um jogo de estratégia em tempo real para dispositivos móveis, onde os jogadores constroem decks de cartas e competem em partidas um contra um para destruir as torres inimigas.

Esses são apenas mais alguns exemplos de jogos eletrônicos competitivos populares que giram altos valores em premiação e movimentam a economia do cenário. O cenário dos eSports é diversificado e continua a crescer com novos jogos e competições emocionantes.

Você, advogado, que almeja iniciar nesse mercado é altamente recomendável que experimente um ou mais jogos para compreender o alcance, a mecânica e o modelo de negócios por trás dessa lúdica tecnologia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *