Para se tornar um advogado em direito desportivo é necessário que você ganha experiência prática atuando em casos concretos ou realize um curso dedicado. O advogado desportivo pode atuar em diversas modalidade, como as mais tradicionais, tipo o futebol e vôlei ou nas novas modalidades como os esportes eletrônicos (eSports)

O advogado desportivo tem uma boa remuneração quando se dedica a uma nova modalidade, como os esportes eletrônicos (eSports) porque os games estão inseridos num contexto global e a indústria é multibilionária. Existe demanda judicial e extrajudicial altamente lucrativa para o advogado desportivo. O direito dos eSports está se tornando cada vez mais relevante no Brasil e com o crescimento mundial da indústria tornar-se um advogado especializado em eSports é o que te colocará em outro patamar.

Naturalmente, o primeiro passo é concluir a graduação em Direito e ser aprovado no exame de ordem para se tornar advogado. Entretanto, existem muitas oportunidades no mercado desportivo eletrônico que mesmo os acadêmicos e bacharéis podem agarrar, como, por exemplo, atuar na qualidade de procurador dos interesses dos atletas e jogadores na intermediação entre os clubes. Esse trabalho muitas vezes é executado por quem não é estudante de direito, mas quem faz administração esportiva, gestão esportiva, entre outras áreas.

Recomendo, fortemente, que você se familiarize com a indústria de eSports antes de qualquer coisa. É possível você fazer isso apenas jogando games de gêneros variados e também acompanhando o cenário competitivo, as notícias do mundo esportivo eletrônico e estudar casos emblemáticos relacionados a eSports, como esses:

Depois, o importante é adquirir experiência jurídica e você pode fazer isso por meio de estágio em escritórios de advocacia, curso dedicados aos esportes eletrônicos e, sobretudo, integrando Comunidades ricas em informações e materiais como os canais disponíveis nesta página em plataformas como o Discord, Telegram e outros. Isso permitirá que você inicie jornada rumo a experiência prática, pois as comunidades ativas possuem projetos de Tutoria com membros mais experientes e que são voluntários.

A pós-graduação é importante, sim, mas não resolverá sua falta de experiência. Você deve considerar fazer uma pós-graduação depois que entender a dinâmica do mercado esportivo eletrônico (eSports) para aprimorar as suas habilidades acadêmicas e conhecimentos específicos nessa área.

Se você tiver segurança para iniciar a jornada comece praticando o Networking e construa uma rede de relacionamento com os players do cenário, sejam jogadores, times, publisher, desenvolvedores e outro. Participe também de eventos esportivos, conferências, comissões, seminários e outros eventos que te ajudem a reforçar o relacionamento nesse nicho. Esse comportamento proativo é proporcionará oportunidades de ouro nesse mercado.

Não deixe de apostar no marketing pessoal no ambiente online. É o mais importante de todos os networkings, pois te permite ser reconhecido nacionalmente. E você pode começar criando um perfil profissional online e totalmente dedicados aos eSports. Crie também site para ajudar a atrair potenciais clientes interessados nos serviços jurídicos que você executar.

Quando o advogado conhece um pouquinho do cenário gamer e dos eSports pode considerar se associar em comissões especializadas em direito desportivo da OAB da sua cidade. Isso pode te ajudar a ter mais visibilidade.

Caso a sua intenção seja entrar em algum escritório é importante encontrar uma advocacia especializada em direito desportivo eletrônico, departamentos jurídicos de ligas esportivas, organizações de eSports, entre outras. O mercado de trabalho pode ser competitivo, mas na modalidade eSports há muitos poucos advogados e escritórios que trabalham com isso.

Por fim, mantenha-se sempre atualizado em tudo, pois a indústria dos eSports está em constante evolução, de modo que é fundamental entender as mudanças legislativas, acompanhar as tendências dos jogos, estudar contratos que envolvem as relações jurídicas nesse mercado, enfim, esteja preparado para se adaptar às demandas em constante evolução.

Nunca se esqueça que o mercado gamer e dos eSports é volátil e está bem no comecinho, mas em franco desenvolvimento, de modo que quanto antes você se dedicar a ele mais chances terá de ser tornar uma nova referência como advogado esportivo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *